Júlio Garcia   📖
Rui Marcelino  
📖
Isabel Cristina Mateus  
📖
Cristino Cortes  
📖
Sandra Santos  
📖
Evocação a Sebastião da Gama, na Biblioteca Palácio Galveias, 26 de Junho, 17h00
 

Comemoração dos 50 Anos do 25 de Abril e dos 50 Anos da APE

📅 29 de Abril 2024
Câmara Municipal de Cantanhede
140.º Aniversário do Nascimento de Jaime Cortesão
Créditos@CM de Cantanhede
📅 14 de Abril 2024
Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova
Homenagem a Fernando Namora e Mário Soares
Palestra e debate "Soares e Namora – Amizade, Literatura e Política antes e depois do 25 de Abril ", na Câmara Municpal de Condeixa e
Inauguração da Exposição, “Laços e Cravos – Fernando Namora e Mário Soares: uma Amizade pela e na liberdade” na Casa Museu Fernando Namora Fernando Namora.
Câmara Municipal de Grândola
9 de Abril | 17h30
A Associação Portuguesa de Escritores promoveu com a Associação 25 de Abril, no dia 22 de Maio, pelas 18h00, na sede desta última (Rua da Misericórdia, 95) como acto final das iniciativas que evocaram o meio século da sua existência, uma celebração dos 50 anos de Abril. Foram lidos, pelos participantes que desejaram, textos da Resistência, da Liberdade e da Democracia. Foram oradores os Presidentes das duas Instituições, Vasco Lourenço e José Manuel Mendes. 
Créditos@Fernando Bento

Camões 500 Anos do Nascimento

A Associação Portuguesa de Escritores realizou no passado dia 5 de Junho, na Sala José Saramago, pelas 18h00, um primeiro acto de comemoração dos 500 anos do nascimento de Luís de Camões.
A sessão, coordenada por Luís Machado, teve como oradores o Professor José Carlos Seabra Pereira e o escritor José Manuel de Vasconcelos.
A encerrar houve um espaço dedicado a leituras, integrado no ciclo Traga um Livro e Dê Voz aos Autores. Apelou-se à participação da comunidade presente.
Luís Vaz de Camões nasceu no ano de 1524 em Lisboa, cidade na qual morreu (1580). Sendo o mais consagrado poeta da História Literária e da Língua portuguesas, é reconhecido como um dos nomes maiores da Literatura Universal de todos os tempos.
📅 27 de Maio 2024
Créditos@Fernando Bento

Grande Prémio de Poesia António Ramos Rosa APE/Município de Faro

📅 23 de Abril 2024
Acto de instituição do Grande Prémio de Poesia António Ramos Rosa APE/Município de Faro
Biblioteca Municipal António Ramos Rosa
Sandra Martins, Bibliotecária, Presidente do Município de Faro, Doutor Rogério Bacalhau, José Manuel Mendes, Presidente APE, António Carlos Cortês, Curador do Centenário do Nascimento de António Ramos Rosa
📅 18 de Junho 2024

Grande Prémio de Ensaio Literário Manuel Gusmão

📅 12 de Junho 2024
ABERTURA DE CONCURSO - Prazo de entrega das candidaturas até 17 de Abril de 2024
Encontra-se aberto a nova edição do Grande Prémio de Romance e Novela APE/DGLAB. O concurso destina-se a galardoar, anualmente, um livro de carácter romanesco ou novelístico, em português e de autor português publicado, em 1.ª edição, no ano 2023.

Consultar Regulamento

Sebastião da Gama - Poeta e Diarista

📅 18 de Junho 2024
A Associação Portuguesa de Escritores celebra, no próximo dia 26 de Junho, pelas 17h00, na Biblioteca Palácio Galveias, o Centenário do Nascimento de Sebastião da Gama.
A sessão, coordenada por Luís Machado, tem como oradores Luís Filipe Castro Mendes, Luís Souta e José Manuel Mendes.
A encerrar haverá, como habitualmente, um tempo dedicado a leituras, integrado no ciclo Traga um Livro e Dê Voz aos Autores. Apela-se à participação da comunidade presente.

Convidam-se os sócios e amigos a participar nesta iniciativa
Sebastião da Gama nasceu em Vila Nova de Azeitão em 1924 e morreu em 1952, em Lisboa. Poeta e professor, foi um apaixonado pela natureza, musa inspiradora da sua poesia, tendo sido o amor, de certo modo, percursor do ambientalismo, que o  levou, durante a sua curta existência, a escrever belos poemas e um diário que muito interessou, através dos tempos, numerosos leitores. A impressividade das suas reflexões pedagógicas marcou, também, gerações. 
ABERTURA DE CONCURSO – Prazo de entrega das candidaturas até 12 de Julho de 2024
                                                                                                    PREÂMBULO

António Ramos Rosa nasceu em Faro, a 17 de outubro de 1924. O Grito Claro (1958), foi primeiro livro publicado pelo poeta, em Faro. É também na cidade algarvia que António Ramos Rosa iniciou a sua carreira literária como poeta e como ensaísta crítico. De 1951 a 1953, fundou e coordenou a revista Árvore e após proibição desta, duas outras revistas – A Cassiopeia (1955) e os Cadernos do Meio-Dia (1958-60). Vasta é, sem dúvida, a sua produção literária. Numa folha, leve e livre, é a sua última obra publicada, em 2013, precisamente no ano em que vem a falecer. António Ramos Rosa destacou-se, desde a década de 50, como uma das vozes mais graves e mais sérias da nossa poesia e crítica literária de todos os tempos.

Considerando as atribuições que estão acometidas às Autarquias Locais, de âmbito cultural, o Município de Faro em parceria com a Associação Portuguesa de Escritores, por reconhecer que a poesia é um ramo da arte de grande prestígio a nível regional e nacional, decidiram promover um Prémio Nacional após estabelecimento de protocolo que regula a referida parceria. Este prémio, ao mesmo tempo que homenageia um Poeta nascido em Faro e um vulto maior do panorama poético nacional e internacional, procura promover o aparecimento de novos poetas, mas também de reconhecer o labor dos já consagrados.

Consultar Regulamento

© 2010 - 2024, APE - Associação Portuguesa de Escritores
Desenvolvido por: Joaquim Trindade